Solicitar proposta
5 coisas que você precisa saber sobre BPO Financeiro
27 de março de 2019
Regime de Substituição Tributária de Santa Catarina terá mudanças a partir de 1º de maio
4 de abril de 2019

Carteira de Trabalho ganha versão digital

Carteira de trabalho impressa não será substituída. Versão digital promete maior agilidade na solicitação do documento e acesso à informação. Com a intenção de modernizar o acesso às informações da vida laboral do trabalhador, o Ministério do Trabalho (MTB) lançou a Carteira de Trabalho Digital. A nova ferramenta é uma extensão da carteira de trabalho impressa, e está disponível através de um Aplicativo para celular nas versões iOS e Android. A Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) é um documento obrigatório para toda pessoa que venha a prestar algum tipo de serviço, seja na indústria, no comércio, na agricultura, na pecuária ou mesmo de natureza doméstica. Inicialmente, a Carteira de Trabalho Digital não irá substituir a carteira de trabalho impressa. Para acessar o documento, basta baixar gratuitamente o aplicativo na loja virtual (Apple Store da Apple e no Play Store do Android). E, para quem já tem cadastro no sistema cidadão.br ou no Sine Fácil, basta usar seu login e senha de acesso no App Carteira de Trabalho Digital.

Férias coletivas – aspectos legais a serem observados após a reforma trabalhista

A novidade traz, inicialmente, como benefícios, a agilidade na solicitação do documento, acesso à informação de qualificação civil e de contratos de trabalho através da integração de diversos bancos de dados do governo federal. O objetivo é facilitar a vida dos trabalhadores que terão o documento à mão sempre que precisarem fazer uma consulta. Todas as experiências profissionais formais estarão no aplicativo.

É constitucional empregados terceirizados na atividade-fim da empresa

Publicado novo cronograma do e-Social

Conheça os benefícios da Carteira de Trabalho Digital: – Diminuir a pressão na rede de atendimento; – Maior aproveitamento das vagas disponíveis, reduzindo o tempo médio de atendimento; – Agilidade no acesso às informações trabalhistas consolidadas em um único ambiente, possibilitando ao trabalhador fiscalizar seus vínculos trabalhistas; – Agilidade e celeridade nos processos de requisição e emissão da Carteira de Trabalho impressa; – Integração das bases de dados do Ministério do Trabalho. Fonte: Ministério do Trabalho (MTB) Edição: Conjel Contabilidade
Artigo Relacionado
3 de abril de 2020
MP 936: entenda as novas regras para redução de salário e suspensão do contrato de trabalho
Com o objetivo de evitar demissões em massa por conta da crise do novo Coronavírus, [...]
2 de abril de 2020
Coronavírus: Governo prorroga prazo para entrega da declaração do IR até 30 de junho
O Ministério da Economia anunciou nesta quarta-feira, dia 1º, que o prazo para entr [...]
Ação!